Vamos erguer Cabo Verde com coaching solidário

Quem é Paulo Faustino?
August 13, 2020
Show all

O projeto erguer Cabo Verde está na reta final, com a apresentação oficial prevista para o mês de novembro. Por ora, fazemos um balanço sobre os números dos protagonistas deste projeto e aproveitamos para agradecer aos Coaches, Coachees, Supervisores, à Língua Portuguesa como mobilizadora intercontinental, Coaching de Grupo, Formação e disponibilidades continua para a nobre causa, Erguer Cabo Verde.

COACHES deram mais do que foi pedido:

Inscreveram-se 152 coaches solidários para disponibilizar 3 sessões gratuitas e on line aos Líderes, Empreendedores e profissionais da primeira linha do COVID-19 de Cabo Verde, dos quais 138 receberam coachees. Desses, 50 disponibilizaram-se para receber um segundo ou terceiro coachee. Muitos desses coaches disponibilizaram mais de 3 sessões de coaching aos coachees, em casos excepcionais chegaram a oferecer 12 sessões. 

Apesar da inscrição para o programa se encontrar encerrada, continuamos a receber manifestações de interesse de participação de coaches, sendo que neste momento registamos cerca de 30 profissionais disponíveis para eventual novo programa.

COACHEES

231 Líderes, empreendedores, profissionais da primeira linha, profissionais gerais e curiosos se inscreveram para receber sessões de coaching gratuitas e on line. Desses, 171 estiveram em contacto com um coach.

Alguns coachees que receberam apenas 3 sessões questionaram como conseguiriam mais sessões. Outros pediram se podiam receber um outro coach para continuarem o processo. Mais para o meio do projeto, depois de sentirem o impacto do mesmo, outras pessoas começaram a abordar a organização para saber se ainda podiam beneficiar das sessões de coaching. 

Uma empresária, depois da suas sessões, veio ver se havia possibilidade de inscrever os seus colaboradores que tinham o cargo de supervisor, pois segundo ela, “teria impacto positivo na vida profissional e pessoal deles”. 

Também houve curiosos que se inscreveram e que acabaram por não reagir ao contacto. Houve outros que desistiram na primeira sessão e alguns que não regressaram depois da segunda sessão.

SUPERVISÃO

Uma coach  supervisora disponibilizou-se para fazer a supervisão aos coaches que estavam a participar no programa. Esta ideia foi muito bem acolhida e envolveu outras 4 supervisoras e 33 coaches. O mais interessante é que as supervisoras receberam elas mesmas a supervisão. Inicialmente a supervisão não estava integrada no projeto, mas sem ela não teria a riqueza que teve, a avaliar o testemunho das coaches participantes, num webinár do Comitê da Comunidade da Língua Portuguesa da ICF- International Coach Federation. 

LÍNGUA PORTUGUESA

A língua portuguesa é também uma protagonista deste projeto. Responderam a esta chamada solidária Coaches falantes de portugês espalhados por 3 continentes Africa, América e Europa e 7 países, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Brasil, Portugal e Roménia. Há um coach romeno que se apaixonou pela língua de Camões. 

Outros projetos paralelos

O programa envolveu outros projetos paralelos, como coaching de grupo para líderes, que acolhe a diversidade intercultural. Os facilitares desse coaching de grupo são oriundos de Brasil e Roménia. Os participantes são de Cabo Verde, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné Bissau e Portugal. 

Envolveu também coaching de grupo para empreendedores, temos dois grupos a decorrer, coaching de grupo para género masculino e formação em Coaching Family para colaboradores de organizações que trabalham com a família. 

Envolveu  ainda um círculo de palestras on line com especialistas de diversas áreas de desenvolvimento humano que alcançou uma audiência perto de 20.000.

O projeto já está encerrado e continuamos a receber manifestações de interesse, não só de coaches e coachees, mas também de outros profissionais de desenvolvimento humano, de consultores de áreas diversas e até de escolas a oferecer bolsas para integração dos cursos a custo zero.

Neste momento estamos a trabalhar na recolha de elementos para elaboração do relatório final, que esperemos ser fonte de inspiração para outros projetos de solidariedade no mundo do coaching, bem como a sistematização de experiências a serem integradas numa segunda versão do projeto, que poderá acontecer em janeiro de 2021.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *